• (0)
    ISO-14001-blog

    Base de conhecimento ISO 14001

    Determinando o contexto da organização na ISO 14001

    A versão 2015 da norma ISO 14001 será finalizada este mês, e uma das mudanças chave será a cláusula relative a identificação do “contexto da organização”. Quando você pensa sobre ela, esta é uma adição totalmente racional e sensata, especiamente quando você considera como a delimitação do âmbito do contexto de sua organização pode afetar os parâmetros e o desempenho do seu Sistema de Gestão Ambiental (SGA) (veja também Environmental performance evaluation) e o ambiente em geral. Mas o que o “contexto da organização” realmente significa, e como você assegura que você fez isto corretamente em nome de sua organização?

    Contexto da organização: O que ele significa?

    Uma forma simplista de ver seu SGA sob a norma 14001:2004 era pensar sobre quais aspectos e ações poderiam ser consideradas para diminuir os impactos da sua organização no ambiente. Esta abordagem é extremamente unidimensional, o que é o que a nova cláusula busca melhorar. Ao considerar o contexto de sua organização, você deve considerer tods as conseqüências diretas e indiretas, os requisitos legais, e todos os efeitos que o desempenho do seu SGA terá sobre as partes interessadas. Em outras palavras, para se preparer para estar em conformidade com a ISO 14001:2015 você precisará ter uma “visão de helicóptero” do desempenho ambiental de sua organização, e delimitar exatamente o âmbito de quem ele afeta, e consequentemente, o que pode ser identificado para mitigar e melhorar isto. Assim, como exatamente se faz isso?

    Contexto da organização: Especificidades

    A versão 2004 da norma menciona “partes interessadas” e as define como “pessoas ou grupos preocupados com ou afetados pelo desempenho ambiental da organização”. O esboço final da norma 2015 diferencia entre estes e o context da organização. O contexto geral da organização pode ser classificado como:

    • Contexto externo: pode incluir assuntos legais, econômicos, sociais ou políticos
    • Environmental context: all other environmental aspects that may be susceptible to damage by your organization’s environmental performance
    • Contexto ambiental: todos os outros aspectos ambientais que podem ser suscetíveis a danos devido ao desempenho ambiental de sua organização

    As expectativas das parts interessadas podem então incluir requisites legais e obrigatórios (veja também Demystification of legal requirements in ISO 14001) e também expectativas de investidores, clients e expectativas contratuais, quaisquer outras expectativas mantidas pela comunidade local, e assim por diante. É sempre uma boa prática documentar aquelas adotadas pela sua organização, de forma a assegurar que você pode reconhecer e mensurar contra os objetivos que você definiu.

    Desta forma, podemos imaginar a importância de ter uma boa conscientização do contexto de nossa própria organização para assegurar que não apenas atendemos os objetivos e expectativas ambientais, mas também que temos uma fundamentação para assegurar que estamos cientes de satisfazer todas as partes externas e se preparando para o futuro. Como sempre, isto pode mudra de região para região e dependendo do setor onde sua organização atua. Assim, podemos usar exemplos para tornar isto mais fácil de entender?

    Exemplo de contexto: Consumo de trigo

    Certa vez trabalhei com um fabricante multi-nacional que processava produtos alimentícios e lanches que são consumidos em em muitas casas. Umdoa maiores problemas era obtergrandes quantidades de trigo para produção em massa, assegurando consistência do produto e sabor. Vejamos questões contextuais a se considerer e conquistar:

    • A falta de trigo é uma restrição operacional que significa que a saída e consistência podem ser negativamente afetadas (impacto negativo devido a condições ambientais).
    • O uso de trigo pode causar danos a um ambiente com o qual os habitantes locais se importam profundamente ou parar uma cadeia de suprimento local em uma região onde esta commodity é vital (impacto ambiental negativo).
    • Publicidade negativa com relação a questão e qualquer publicidade ou campanha potencial pode levar a uma queda no preço das ações e preocupações entre os mercados e investidores (afetando partes interessadas e acionistas).
    • Pode ser possível para organização comprar de outra fonte ou país podem acolher o fluxo de receita (usando a própria política estratégica da organização para virar uma situação negativa em positiva, colher boa publicidade e aumentar o preço das ações ao ter uma visão estratégica do desempenho ambiental da organização e de seus efeitos nos outros).
    • Tecnologia: pode ser que a organização possa utilizar tecnologia para encontrar um método de suplementar o produto natural para assegurar que menos seja utilizado (conscientização do contexto interno poderia afetar todas as outras partes de uma maneira positiva se atingida).
    • Mudança ambiental e climática pode significar que a commodity pode se tornar ameaçada, e assim, a organização deve tomar ações para encontrar um substitito (uma mudança no ambiente externo direcionando a necessidade de mudança ambiental).

    Assim, agora temos uma idéia melhor do porquê a norma ISO 14001:2015, a qual você pode ler mais sobre neste blog: “The final draft of ISO 14001:2015 is released”, requer que nós consideremos o contexto da organização. Assim, qual resultado isso nos dá?

    Contexto da organização: O resultado

    A cláusula específica para o context da organização é claramente construída para assegurar que cada entidade individual considere todos os fatores externos, internos e associados quando da delimitação do escopo e dos objetivos para o seu próprio SGA. Nestes dias e era, tratar questões ambientais apenas com discursos é altamente desaprovado, e um auditor precisará agora de evidências de que o contexto da organização foi completamente definido com entradas da equipe da alta direção. Então, e apenas então, aspectos e estratégias ambientais podem ser definidas de forma a assegurar a entrega e manutenção dos objetivos esperados – que serão consideravelmente mais consistentes como resultado deste processo, para o benefício de todos, sejam externos, intenros, ou a próprio ambiente.

    Clique aqui e visite nosso ISO 14001 Foundations online course para aprender mais sobre a nova versão da norma.

    Advisera John Nolan
    Autor
    John Nolan
    John Nolan is a Fellow of the Institute of Leaders and Managers in the United Kingdom, and Prince 2 accredited with a background in Engineering and Electronics and Data Storage and Transfer. Having studied and qualified as both a Mechanical and Electronic Engineer, he has spent the last 15 years designing and delivering Quality Systems and projects across many sectors in the UK, including both national and local government.