• (0)
    ISO-14001-blog

    Base de conhecimento ISO 14001

    Usando auditorias internas para conduzir melhorias reais na ISO 14001:2015

    A cláusula 4.5.5 da ISO 14001:2004 descreve que toda organização em conformidade com anorma é requerida a realizar auditorias internas em um tempo pré-determinado para assegurar que tanto os termos quantos os resultados dos objetivos do sistema de gestão ambiental estão sendo atendidos e registrados. Dado também que a melhoria continua é um tema da norma 14001, parece razoável assumer que uma auditoria interna deveria ser usada para para direcionar a melhoria contínua, mas é sempre esse o caso?

    Muitas organizações vêem os processos de auditoria interna de diferentes formas, seja simplesmente como um exercício de “marcar a lista de verificação” ou um evento desagradável onde um auditor tentará e pegará uma falha de mepregado. A ISO 14001, como a ISO 9001 (como pode ser visto neste artigo “13 Steps for ISO 9001 Internal Auditing using ISO 19011”) possui um requisito para auditoria interna como parte da norma. Ao invés de vê-la como um mal necessário, ele deveria ser visto como uma “oportunidade para melhoria” real de seu sistema de gestão ambiental, de seu desempenho e do efeito que sua organização tem sobre o própsio ambiente. Assim, qual a melhor forma de abordar isto?

    Usando a auditoria interna eficazmente

    Em conformidade com a norma 14001:2015, sua equipe de gestão terá identificado todos os riscos ambientais, definido metas com base na legislação ambiental, e definido indicadores de desempenho chave para atender e eventualmente melhorar – tudo concebido para asseguar que o impacto ambiental da sua organização seja tão positivo quanto possível. A auditoria interna é agora sua chance para assegurar que não apenas estas metas estejam sendo atendidas, mas que elas são relevantes, e atendem todas as necessidades da legislação vigente e necessidades internas. Antes de embarcar em uma auditoria interna do seu sistema de gestão ambiental, é aconselhável examinar cuidadosamente as metas e normas que você está tentando atender, e se você tem um registro de risco, registro de aspecto, ou qualquer outra forma que você registra seus resutlados. Assim, nós deteminamos estes – e agora?

    Considerando requisitos antes do desempenho

    Parte da sua auditoria interna deveria ser avaliar a precisão e relevância dos seus objetivos. Eles estão atualizados em termos de legislação? Algum risco novo existe e não foi formalmente identificado? A equipe de gestão considerou todas as partes interessadas quando da definição de objetivos e metas? Não é incomum que operadores na base do processo identificarem riscos ambientais em uma base diária que nem sempre são aparentes para os níveis mais altos. Se você puder encontrar estes, por exemplo, sua auditoria será eficaz. Você está identificando áreas que podems er melhoradas, e aspectos que podem não ter sido considerados. Prover sugestões construtivas para melhoria está na base de qualquer processo de auditoria eficaz.

    Auditando o Sistema de gestão Ambiental de forma eficaz

    Com oportunidades para melhoria e sugestões construtivas identificadas, você pode agora continuar auditando o sistema aproproadamente. Busque realimentação dos resultados e processos que você auditou. As metas definidas são atingíveis? Elas inda são relevantes? Existem barreiras no caminho para atingí-las? Lembre-se, se você pode encontrar barreiras que realmente existem, você está a um passo de encontrar melhorias. A legislação está sendo atendida? Seu Registro Legal está atualizado? Trabalhe de forma colaboratia com as pessoas que conceberam, usam, e dependem do seu Sistema de Gestão Ambiental. Veja o processo de auditoria interna como uma chance para usar seus conhecimentos combinados e habilidades para melhorar o desempenho, ao invés de um canal de mão única onde o auditor faz perguntas e o auditado responde defensivamente. Assegura que você acompanhe suas melhorias. Sua organização e o ambiente com certeza verão os benefícios.

    Use este Checklist of ISO 14001 Mandatory Documentation gratuito para ajudar a si mesmo com a auditoria do Sistema de Gestão Ambiental.

    Advisera John Nolan
    Autor
    John Nolan
    John Nolan is a Fellow of the Institute of Leaders and Managers in the United Kingdom, and Prince 2 accredited with a background in Engineering and Electronics and Data Storage and Transfer. Having studied and qualified as both a Mechanical and Electronic Engineer, he has spent the last 15 years designing and delivering Quality Systems and projects across many sectors in the UK, including both national and local government.